BMW junta-se a projeto para estudar produção sustentável de lítio | Green Fu ...

BMW junta-se a projeto para estudar produção sustentável de lítio

GFAM

Fevereiro 28, 2022

A BMW aderiu à ‘Responsible Lithium Partnership’, um projeto cujo objetivo passa por alcançar um entendimento partilhado da gestão responsável dos recursos naturais com as comunidades locais e desenvolver uma visão para o futuro do Salar de Atacama, no Chile.

A Parceria foi iniciada em 2021 pela BASF, Mercedes Benz Group AG, Daimler Truck AG, Fairphone e pelo Grupo Volkswagen, com uma duração planeada de três anos. O projeto não promove o fornecimento de lítio ou a compra ou venda de matérias-primas minerais.

O Grupo BMW é o sexto membro a aderir à iniciativa, sendo que uma das formas de apoiar o projeto passa pela partilha de descobertas científicas sobre o impacto da mineração de lítio nos recursos hídricos do Salar de Atacama, no Chile. Juntamente com a BASF, a BMW já havia encomendado um estudo da Universidade Anchorage do Alasca e da Universidade Amherst de Massachusetts sobre os efeitos da mineração de lítio nos balanços hídricos locais na América Latina, no final de 2020.

O objetivo do estudo é obter uma melhor compreensão científica das interdependências entre as camadas de água doce e de salmoura de lítio, avaliar várias tecnologias e adquirir a experiência para avaliar as possibilidades de exploração sustentável. O estudo fornece uma base científica para futuras decisões sobre o fornecimento de lítio.

A Agência Alemã de Cooperação Internacional (GIZ) está a coordenar o projeto, que visa desenvolver uma visão conjunta para o futuro das bacias hidrográficas do Salar de Atacama. Representantes de mineração de lítio e cobre, agricultura, turismo, comunidades indígenas e governo são convidados para uma plataforma multissetorial local onde desenvolverão medidas em conjunto. Um outro objetivo é desenvolver um plano de ação conjunto para melhorar a gestão de longo prazo dos recursos naturais e implementar as etapas iniciais.