You are currently viewing McDonald’s Revoluciona a Infraestrutura de Carregamento para Carros Elétr ...

McDonald’s Revoluciona a Infraestrutura de Carregamento para Carros Elétr ...

A McDonald’s está preparada para transformar o cenário da mobilidade elétrica em França! A empresa planeia instalar 2.000 pontos de carregamento rápido nos parques de estacionamento de 700 restaurantes McDonald’s até 2025.

Este movimento não só atende à crescente necessidade de infraestrutura de carregamento rápido na França, mas também destaca o compromisso da McDonald’s com a energia verde e a responsabilidade ambiental.

Rápido, Barato e Sustentável:

Cada estação de carregamento McDonald’s fornecerá cerca de 150 quilowatts de potência, permitindo que os condutores recarreguem os seus veículos de forma rápida, aproximadamente no tempo necessário para desfrutar de um Big Mac e batatas fritas.

O custo de utilização dos pontos está sujeito a confirmação final, mas as empresas asseguram que será “atraente” e competitivo. Estima-se que o custo ficará entre 35 cêntimos por quilowatt-hora, ou cerca de €5-€6 por 100 km de autonomia.

Impacto Ambiental Positivo:

Durante a parceria de 12 anos entre Izivia e McDonald’s, estima-se que os postos de carregamento rápido proporcionarão uma incrível quantidade de 9,4 mil milhões de Km, que resulta numa redução substancial de 1,7 milhão de toneladas de CO2. Este compromisso com a sustentabilidade não apenas atende aos objetivos nacionais da França, mas também destaca o papel proativo do setor privado na transição para um futuro mais limpo.

Além da França, a McDonald’s está a implementar iniciativas semelhantes na Itália, Suécia e Reino Unido. Contudo ainda não têm planos para Portugal.

Transformação da Infraestrutura de Carregamento:

O governo francês tem impulsionado a expansão da rede de carregamento elétrico nos últimos anos, com mais de 110.000 postos públicos em todo o país. A legislação mais recente exige que empresas com mais de 20 lugares de estacionamento instalem pelo menos um ponto de carregamento.

A meta do governo é atingir 400.000 pontos públicos até 2030. Este esforço conjunto do setor público e privado reflete a crescente adoção de veículos elétricos na França, representa 17% das compras de veículos novos em outubro de 2023.

A inevitabilidade da chegada massiva de veículos elétricos exige não apenas uma rede robusta de carregamento, mas também um aumento substancial na capacidade de reparação.

À luz dos avanços no resto da Europa, é imperativo que Portugal acelere seus investimentos numa infraestrutura preparada para este tipo de veículos. Ao agir agora, não apenas se antecipa à transformação iminente, mas também se posiciona como líder na promoção de uma mobilidade mais sustentável e eficiente.

Fonte: Eletrek

www.eva-network.eu