You are currently viewing Recorde de vendas de Veículos Elétricos em junho de 2021 – UVE ...

Recorde de vendas de Veículos Elétricos em junho de 2021 – UVE ...

Recorde de vendas de Veículos Elétricos em junho de 2021

O mês de junho de 2021 fica marcado pelo recorde absoluto de vendas mensais de veículos 100% elétricos ao terem sido vendidos 1.360 veículos 100% elétricos (BEV – Battery Electric Vehicle), o que revela um maior interesse dos compradores por veículos totalmente elétricos a que corresponde também uma maior e mais diversificada oferta com veículos com mais autonomia, mais eficientes e abrangendo todos os segmentos.

O total de vendas de veículos elétricos (BEV+PHEV), neste mês de junho de 2021, atingiu as 2.940 unidades vendidas em Portugal. Sendo o acumulado das vendas de VE atualmente, a meio do ano em curso, de 12.685 veículos elétricos novos vendidos, o que antecipa um aumento muito significativo nas vendas dos VE no cômputo final do ano de 2021, pois na totalidade do ano de 2020 tinham sido vendidos 19.697 veículos elétricos. É a Mobilidade Elétrica em grande crescimento.

O aumento das vendas nos veículos 100% elétricos (BEV) foi de 53% face a maio de 2021, e de 168% face ao mês homólogo (o mês de junho de 2020 foi muito afetado pelos efeitos da pandemia). São números nunca registados nos veículos elétricos puros, os 100% elétricos, que estão a aumentar as suas vendas, não só devido à maior oferta, mas também devido a uma muito maior procura por parte dos cidadãos cada vez mais bem informados.

Os veículos híbridos plug-in (PHEV – Plug-in Hybrid Electric Vehicle) também registaram um crescimento, neste caso de 7.4% em relação a maio de 2021 e de 93% em relação ao mês homólogo. Um aumento mais modesto e ainda muito influenciado pela procura desta tipologia de veículos por parte das empresas.

No conjunto das duas tipologias, os BEV e os PHEV, mantem-se e intensifica-se o crescimento mensal das vendas de veículos elétricos em Portugal, perspetivando-se uma segunda metade do ano em curso com um ritmo de crescimento igual ou mesmo superior para fecharmos o ano de 2021 com novos recordes de vendas de VE em Portugal.

Quota de Venda de Veículos Elétricos em Portugal

Este fortíssimo crescimento, mas simultaneamente sustentado, das vendas dos veículos elétricos ligeiros de passageiros, regista no primeiro semestre do ano um crescimento homólogo de 69.3%, o que representa uma quota de mercado de 15.4%. Ainda temos muito caminho para percorrer, no entanto, são números cada vez mais positivos e motivadores para continuarmos no caminho da eletrificação dos transportes e na descarbonização da economia.

A recuperação das atividades económicas, muito abaladas pela pandemia que atravessamos, também permitiu um aumento das vendas dos veículos ligeiros de passageiros com motores de combustão interna (VCI), mas um aumento muito inferior ao dos veículos elétricos (VE). Enquanto as vendas dos VCI cresceram 20%, as vendas dos VE cresceram 69.3%, numa clara mensagem de que é possível mudar e de que essa mudança está a acelerar.

Neste gráfico podemos ver claramente como a queda dos VCI foi muito mais acentuada do que a queda dos VE durante o primeiro trimestre, tendo, face ao afundamento das vendas do mercado automóvel com motores de combustão interna, começando por recuperar mais fortemente em abril e maio, mas voltando-se a impor as vendas dos VE já no mês de junho, tendência que esperamos se mantenha durante o terceiro e quarto trimestre do ano.

Marcas de Veículos Elétricos mais vendidos em Portugal

A Tesla recupera o primeiro lugar das vendas no mês com 278 viaturas vendidas em junho, mais do que a soma dos segundos e terceiros, respetivamente a Nissan com 166 veículos vendidos, e a Peugeot com 100 viaturas entregues. No acumulado do ano, relativo ao primeiro trimestre, a Tesla também recuperou o 1.º lugar com um total de 629 unidades entregues, seguida da Nissan (591) e da Peugeot (519).

Nas vendas dos veículos híbridos plug-in a BMW manteve o 1.º lugar em junho, com 372 viaturas vendidas, logo seguida pela Renault com 237 unidades vendidas, uma surpresa devido ao aumento da gama disponível intrometendo-se no trio da frente e ultrapassando marcas como a Volvo em 3.º lugar com 230 veículos, mas também ultrapassando a Mercedes-Benz, a Peugeot e a Volkswagen. No acumulado do ano mantêm-se as três primeiras posições.

No acumulado das duas tipologias, BEV e PHEV, o destaque vai para a Tesla que consegue o 4.º lugar nas vendas com 278 veículos elétricos entregues, sendo a única marca exclusivamente com vendas de veículos 100% elétricos a aparecer nos cinco primeiro lugares.

Com metade do ano de 2021 já transcorrido, as perspetivas para a segunda metade do ano são muito positivas, pois todos os indicadores indiciam uma maior procura pelos veículos elétricos, especialmente pelos veículos 100% elétricos a que não será alheia uma muito maior oferta por parte dos fabricantes, um aumento muito considerável da Rede Nacional de Carregamento para Veículos Elétricos, contando já com cerca de 900 Postos de Carregamento Rápido, Super e Ultra-Rápido, e, muito importante, o acelerar da aprovação de legislação em diversos países, na Europa, dentro e fora da União Europeia, nas Américas e em muitos dos países asiáticos, que penalizam o consumo de combustíveis fósseis e/ou incentivam a produção de energias renováveis e o consumo de eletricidade de origem renovável. A mudança está a acontecer, a descarbonização das economias vai acelerar e a eletrificação dos transportes será uma realidade cada vez mais presente no nosso dia-a-dia. “Cool People Drive Electric”, “Gente Fixe Conduz Elétrico”.